LIVROS QUE QUERO LER

 

Outra visita a Cultura e me pego rodopiando aquelas grandes araras de livros, como se fossem roupas que pudesse usar todos os dias; bastava-me apenas escolher. Oh, como queria que fossem roupas de meu armário particular. E nessas andanças- ou melhor, rodopios- ficava procurando coisas novas pra ler. Então me ofertam Meg Cabot. Poxa,  como ela tem livros escritos, mas todos muito direcionados ao mundo feminino, aquele das princesinhas. Lendo a orelha, descubro que livros dela foram base para script de filmes diversos. Entre eles a série Diário de uma Princesa. Mas ainda não era a leitura que procurava.  Precisava de uma leitura mais madura, mas não tão suicida como de um autor que não me recordo o nome, mas que trava uma verdadeira luta metalinguística , misturando sua arte e sua prosa. Um escritor em meio as seus delírios literários e suas compulsões humanas. Muito forte, pensava.

 Aí, aventurei-me nos autores “novos”, os premiados, como uma chilena, melhor, naturalizada brasileira.

 …vou lembrar o nome depois.

 Encontro então Cachalote do Daniel Galera o qual conheci nas Vanguardas Literárias promovida pela TV Uol. E a proposta de Cachalote é bacana, uma tendência entre as editores de quadrinizar- transformar em HQ- ficções renomadas. Este, estou namorando para próxima leitura. Vai ser bem interessante ver o texto de Galera e os quadrinhos de Rafael Coutinho. Este está na lista.

Aquela escritora de antes é… Carola Saavedra e o livro é Paisagem com Dromedário. Pesquisando sobre ela, tem um blog que a intitula como ex-suicida e a coloca entre outras escritoras com tal perfil. Mas de longe o último livro dela permeia essa possibilidade. Uma mulher com seu gravador, registrando os sons, as palavras que a cercam e também as histórias: dela, do marido e a da empregada sitiados numa ilha. Adoro esses registros nos livros que misturam a prosa com anotações poéticas e fotográficas. E Saavedra usou os registros sonoros. Também quero lê-lo.

 Eram tantos títulos. Lembrei-me das dicas do Luciano Trigo, o livro de Frida Kahlo. Mas não me interessa fotografia nesse momento, apesar da história dramática e colorida de Frida.

 Meu Deus! É tanta coisa que não sei o que escolher. Muitos anônimos; assim como eu. Muitos clássicos com os quais já estou em débito há anos.

 J. M.  Coetezee com suas trilogias das quais apenas li Infância. Tem o mais novo em que ele se mata, fala na terceira pessoa morta. 

 Acho que minha procura vai ser infinita. Mas vou me dar o prazer de ler esses autores novos cheios de ideias novas. E quem sabe, colocar algumas análises por aqui para iluminar algumas leituras.

 Até a próxima.

Anúncios

Sobre Roberto Muniz Dias

Roberto Muniz Dias é piauiense radicado em Brasília há 10 anos, é romancista, contista, poeta, artista plástico e mestre em Literatura pela UNB (Universidade de Brasília). Também formado em Direito, integra a Comissão de Tolerância e Diversidade Sexual da 93a Subseção de Pinheiros da Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional São Paulo. Foi premiado pela Fundação Monsenhor Chaves com menção honrosa pela obra “Adeus Aleto”. Publicou ainda “Um Buquê Improvisado”, “O Príncipe - O Mocinho ou o Herói podem ser Gays”; Errorragia: contos, crônicas e inseguranças; Urânios; A teia de Germano; Uma cama quebrada (peça de teatro); Trilogia do desejo (coletânea de romances) e recentemente foi premiado pela FCP (Fundação cultural do Pará com o texto teatral AS DIVINAS MÃOS DE ADAM) como melhor texto teatral. Lançou recentemente o livro EXPERIENTIA, coletânea de suas primeiras peças de teatro. www.robertomunizdias.com
Esse post foi publicado em Uncategorized e marcado , , , , , , , , . Guardar link permanente.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s